DECLARAÇÃO DE GUERRA

A recente decisão de Delcy Rodriguez, a pro-comunista presidenta da ilegal Assembleia “Constituinte” de Venezuela, de expulsar o embaixador Brasileiro do país, é uma verdadeira “declaração” de guerra do governo filo-comunista da Venezuela contra o governo Democrático do Brasil.  Em sua declaração, ela mente, dizendo que seu pais é uma Democracia, o que uma grande mentira. É uma ditadura dos marxistas e nada mais. Disse que houve um “golpe parlamentar” contra a presidenta “pro-marxista” Dilma Roussef aqui em Brasil e por isso não voltará atras. Nada mais mentiroso que isso. A presidenta Dilma foi tirada do poder “sem que el processo  saísse um centímetro fora da lei”. O que prova que a Delcy Rodriguez é uma “desinformada” ou uma mulher com más intenções, no mínimo. Más que se pode esperar dos marxistas se até são apoiados pela presidenta do PT do Brasil , a Dayse Hoffmann!!!(O PT é um partido pro-marxista dominado por marxistas no Brasil). Disse que em seu país há muitos partidos políticos. Muito mais há no Brasil com uma diferença : não são proibidos de participar da vida política. Então Brasil é uma Democracia e não a Venezuela. O governo Brasileiro do presidente Temer ,como sempre tímido, disse que tomará medidas recíprocas reacionárias.. Não esqueçamos que o índio Ivo Morales de Bolívia expropriou ilegalmente (e com grande prejuízo para o Brasil) a Petrobrás Distribuidora da Bolívia e depois fez uma vista ao Brasil (onde foi recebido com cortesia por Temer no lugar de metê-lo preso  numa cadeia). Não esquecemos também que o ex presidente Fernando Henrique Cardoso de Brasil recebeu o presidente da Venezuela Hugo Chavez com cordialidade, após Chavez ter dito : “o único que presta no Brasil é o Lula”. Algo estranho acontece na diplomacia exterior do Brasil …Aparentemente falta “ação”, só há “reação”. Sabemos que o Imperialismo Marxista pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos temos NOJO e ÓDIO das ditaduras! Amamos la Democracia, a Liberdade, a Justiça Social, o Pluripartidarismo e a Alternância de governos para a “oxigenação” do poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *