EDUCAÇÃO GRÁTIS

Se os países estivessem todos isolados e a educação fosse toda paga, não há dúvida que haveria a pratica de “canibalismo” na sociedade. Otto von Bismarck, chanceler da Prússia, disse que para ter um povo culto e soberbo, o Estado tem que dar conhecimento gratuito (e obrigatório) a todos. Otto von Bismarck convenceu o Rei da Prússia e o Parlamento desse Estado em instalar pela primeira vez no mundo a obrigatoriedade do Estado de fornecer educação e instrução gratuita universal a todos os prussianos (de passagem, a Saúde pública tomou carona). Como os ricos também podiam mandar seus filhos as escolas privadas, também permitidas pelo Estado, a Prússia tornou-se o país mais culto e instruído da Europa, mais que a França. Também se transformou numa potência que deu uma surra nas guerras que participou e que depois disso constituiu a Alemanha. Contamos isto, pois o Parlamento do Chile acaba de aprovar una lei em que isto é reconhecido. Agora se trata de fazer desta educação-instrução a melhor possível. Não está demais dizer que os ricos, aproveitando esta decisão, querem que o Estado Chileno pague também a educação elitista deles em escolas privadas-particulares. Tamanha insensatez não tem lugar nem no paraíso capitalista de USA. Na nossa opinião: “o que é público, se paga com dinheiro público e o que privado com dinheiro privado”. E ponto final. Se sobrar dinheiro, então as becas para os estabelecimentos do ensino privado servirão para corrigir os defeitos e/os cursos não contemplados na rede pública. Em toda América e no mundo todo é assim (exceto USA). Sabemos que o Imperialismo Marxista oferece instrução gratuita (leia-se doutrinamento político) em troca da Liberdade de todos, forçando uma ditadura comunista. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos temos ÓDIO e NOJO das ditaduras e acreditamos na justiça social sem ditaduras e em DEMOCRACIA sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *