FERNANDO GABEIRA

Este é o nome de um jornalista brasileiro, atualmente vivo. Quebrando um pouco o paradigma de não comentar assuntos brasileiros, fazemos questão de trazer à luz o ilustre jornalista Fernando Gabeira e os leitores verão no texto que se trata de uma pessoa Universal mais que brasileiro. Gabeira colaborou na sua juventude com a esquerda brasileira. Principalmente com a esquerda marxista na época da ditadura militar no país. Não havia outra opção para os que queriam um mundo de justiça social e Democracia. (Em este aspecto nos identificamos com Gabeira). Hoje Gabeira confessa que foi usado pelos marxistas que afirmavam estar lutando pela Democracia quando na verdade estavam lutando pela Ditadura. Foi preso pelo governo e trocado junto a outros presos políticos, mais tarde, pelo embaixador da Alemanha que havia sido sequestrado. Exilou-se primeiro na Argélia socialista (pseudo-marxista). Logo viajou pelo mundo procurando um lugar onde ficar. Esteve em Cuba e não gostou do que viu. Um socialismo de pobreza. Um socialismo autoritário e abusador. Um culto à personalidade soterrada (Fidel Castro). Aqui em Cuba, ele conta uma anedota interessante. Numa reunião política internacional. Ele se levantou e falou que não concordava com a perseguição política contra dos intelectuais desse país assim como não concordava contra a perseguição dos homossexuais, sejam do lado masculino quanto do feminino. Foi interpelado pelo representante de Coreia do Norte que dizia estar de acordo com o governo cubano em perseguir os “libre -pensadores” (traidores do pensamento de Marx …) mas que com referência aos “homossexuais”, ele não sabia o que era isso. Disseram a ele o que era o homossexualismo. Respondeu que isso não existia (era uma mentira perversa capitalista)… Por aqui se vê o grau de doutrinação que tinham (e tem) os norte-coreanos comunistas. Gabeira, fixou residência na Suécia onde havia um governo Social Democrata (Olof Palme) mais parecido com um governo Socialista Democrático que um marxista totalitário e opressor. Gabeira retornou ao Brasil, quando retornou a Democracia ao país. Foi um dos fundadores do Partido Verde. Lula o escolheu como seu candidato a vice-presidente na primeira chapa com que concorreria à presidência, más foi objetado pelos dois PC do país (PC do B e PCB). Foi eleito deputado e mudou-se para o PT por indicação de seu amigo Lula. Quando o PT venceu a eleição pela segunda vez, se desligou ao ver que o partido estava tomado pelos marxistas (até agora está). Voltou ao PV. Hoje, desiludido com a politicagem, o jornalista Gabeira, dedica-se a sua profissão de jornalista neutro. Gabeira tem razão: os marxistas falam de Democracia da boca para fora, más por dentro o que procuram é a ditadura. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos, sabemos que o Imperialismo Marxista pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *