FILO-MARXISMO

Como seu nome o indica, é um “ramo” do marxismo que revela uma técnica especial de se apresentar em política. No fundo são marxistas com técnicas diferentes de se apresentar nas Democracias com o intuito de destruí-las por dentro, de fazer “corrosão”. Muitos dizem que o filo-marxismo é sinônimo político do “pro-marxismo”, de “tonto-útil”, do “deixar fazer”. O filo-marxismo, é uma técnica usada pelos partidários do marxismo, tal qual era a técnica usada pelos “quinta-colunistas” belgas que facilitaram a entrada das tropas nazistas em seu país. Depois de atingido seu objetivo, desaparecem. Alguém sabe dos filo-marxistas cubanos? Que desde antes do início da revolução (termo elegante da tomada do poder à força) e durante os primeiros anos dela, diziam tentando convencer a população: “deixem primeiro fazer as coisas a Fidel Castro, depois critiquem…”. Só que depois ninguém pode criticar (até hoje), pois uma ditadura comunista foi instalada no país. Os filo-marxistas têm uma caraterística especial e universal para enganar: se dizem não-marxistas, não-comunistas (apenas socialistas, omitindo o sobrenome de marxistas). Más nenhum deles faz nada contra os marxistas ou comunistas. Defendem o sistema Cubano, Venezuelano de Chaves-Maduro, de China comunista, de Coreia do Norte, etc. Defendem (e divulgam) somente as coisas boas visíveis destes governos e as ruins, as ignoram. Repetimos, AS IGNORAM. A Liberdade de pensamento para eles não existe, o abuso e o desrespeito às pessoas são justificadas de mil maneiras. A separação e independência dos cinco poderes de uma sociedade, de uma nação (Executivo, Legislativo, Judiciário, Defensivo e Controlador) são “coisas do capitalismo”. Os filo-marxistas, são desmascarados quando se aliam aos comunistas. Muitos deles, se disfarçam de “populistas” que procuram somente o bem do povo (exceto a alimentação). Se esquecem de mostrar (escondem, ignoram, ocultam, etc.) as coisas ruim deles. Este é o caso típico de alguns governantes de América Latina que fazem governos considerados (superficialmente) bons mas internacionalmente, ruins, PÉSSIMOS, já que apoiam aos ditadores totalitários e seus ascetas dos outros países. Os Trabalhadores no marxistas, Socialistas Democráticos — que somos perseguidos pelas ditaduras marxistas e fascistas — sabemos perfeitamente que o IMPERIALISMO MARXISTA pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *