3.000.000

A ONU revelou que 3 milhões de pessoas já fugiram da Venezuela do neomarxista Presidente Maduro. Ou seja, 10% da população. É o maior êxodo da era moderna. Enquanto Maduro e sua cúmplice (sua mulher) se empanturram com carne asada da melhor qualidade num restaurante de luxo 5 estrelas na Turquia, o povo Trabalhador Venezuelano morre de fome. Passam fome o chefe da família, a mulher e seus filhos. Em Venezuela não há nada para comer. Não há nada para reduzir a fome. Os militares e suas famílias não passam fome, o governo os garante. Enquanto os marxistas partidários do ditador recebem uma cesta básica cheia de alimentos do Estado marxista, grátis, os demais Venezuelanos recebem a indiferença do governo. Os militares canalhas que deveriam defender o povo, não estão nem aí para o sofrimento dos seus compatriotas. Bastaria os militares dizerem a Maduro: “chega, Sr. Presidente, respeite a democracia”! Para que as coisas andem e comecem a funcionar.  Todos sabem que o Partido Socialista Unificado de Venezuela (PSUV) é um partido controlado pelo Imperialismo Marxista se tem aproveitado do clamor do povo contra a injusta desigualdade existente para instalar uma ditadura pseudomarxista. Bastaria ter lutado contra a desigualdade, pela justiça social e evitar ladear-se para o marxismo prestigiando a Democracia. Espera-se que até o final do ano, sejam 4 milhões de Venezuelanos que fujam do país e do marxismo. Na Venezuela, Maduro disse que está tudo bem. No Brasil a marxista presidenta do PT-PC, Glesi Hofmann, disse o mesmo. Todos sabemos que é uma ditadura que engana a Democracia. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRATICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende por todos os meios nos meter numa ditadura socialista marxista ou numa ditadura comunista, o que é o mesmo. Temos ÓDIO e Nojo das Ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *