4 BILHÕES

Esta é a quantia que um grande empresário do ramo de refrigerantes de São Paulo no Brasil sonegou ao fisco. Já conhecemos esse empresário, já que tempos atrás acusou publicamente a Coca-Cola de não usar Cola. Todo mundo sabe que o refrigerante de cola sem cola é muito melhor sem o gosto de barro da noz de cola. Em todo caso, ele não conseguiu provar sua absurda denúncia. O valor foi sonegado não somente do governo, senão dos Trabalhadores da sua empresa em imposições não pagas ou pagas fraudulentamente. Sabemos que o governo brasileiro cobra dos consumidores altos sacrifícios financeiros, enormes e injustos, deixando os pobres mais pobres e os ricos mais ricos (algum dia isso vai mudar). Quando se sabe que um dono de empresa tem sido preso por não pagar os impostos devidos, estamos frente a um “roubo”, pura e simplesmente. Já que os US$ 1.111.111.111,00 (equivalente aos 4 bilhões de reais brasileiros) não pagos pelo empresário, fazem falta na segurança, na educação, na saúde, etc. do país. Os impostos, são do governo e não dos empresários. Os empresários são meros ou simples coletores de impostos: toma dos consumidores, passa para o governo. Nenhum empresário leva a mão a seu bolso para pagar impostos (exceto os dele mesmo como pessoa física). É uma estupidez do tamanho de um elefante dos marxistas querer resolver os problemas dos países com impostos sobre as empresas e os produtos; pois são apenas os consumidores que pagarão “o pato”. Eles dizem que em Cuba um refrigerante custa apenas uma fração do que custa fora de Cuba. Eu lhes digo, que essa fração, é muito para Cuba e os cubanos (conforme ganham uma miséria) por isso a venda deles é ínfima. Na verdade, proporcionalmente, custa muito mais que fora. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista. Temos NOJO e ÓDIO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *