A COLUNA VERTEBRAL

Leonel Brizola, líder popular simpatizante da filosofia socialista democrática, dizia que as Forças Armadas eram a coluna vertebral do país. Dito isto por um político que foi perseguido e acusado pelas Forças Armadas que instalaram uma ditadura no Brasil e que teve que fugir do Brasil, reveste-se de grande importância, de grande verdade e grande coragem. As Forças Armadas ao ter seu reconhecimento por parte de Leonel Brizola do seu papel importantíssimo nos pais, demonstra o caráter não vingativo de Brizola, muito pelo contrário, o caráter conciliador dele. Perdoo tudo e a todos, menos ao Lula. Ao dizer que Lula o havia ofendido (em forma pessoal), encheu de mágoa seu coração. Isto porque Brizola dava muita importância a este demagogo populista – muito mais do que merecia o atual presidiário corrupto – (aliás não merecia nenhuma). Brizola em toda sua trajetória política, jamais pôde ser acusado de “lamber os pês” dos comunistas como Lula o faz (e seus adoradores). Brizola cometeu muitos erros, mas nunca o entreguismo aos comunistas nem à desonestidade. Os trabalhadores não marxistas socialistas democráticos temos um grande respeito pelo ex-Governador Leonel Brizola, por sua inteligência e sua coragem de vida. Com Brizola seria mais fácil caminhar ao Socialismo Democrático. Seus seguidores atuais, namorando os comunistas e os pro-comunistas, são uma vergonha para a memória de Brizola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *