A DISPUTA

A disputa pela Presidência da República mais esperada em América Latina é a do Brasil.  A do México foi no mês passado, na qual saiu vencedor o filo-marxista Lopes Obrador. Tomara que faça um governo o mais democrático possível e não favoreça as ditaduras pro-marxistas de Venezuela e Nicarágua. No caso do Brasil, há duas possibilidades. Por um lado o Sr. Fernando Haddad (preposto de LULA) e os comunistas do PT-PC e pelo outro o Sr. Jair Bolsonaro (Partido Social Liberal; PSL) direitista e os autoritários. O primeiro disse que incentivará a ajuda aos mais pobres aumentando seus privilégios sem dizer de aonde vai tirar o dinheiro (dos bancos? Será que alcança? Não esquecer que Brizola fez isso – CIEPS –  e quebrou o Banco BANERJ). Já vemos como é isto na Venezuela do maluco de Maduro. O único que se consegue é destruir o país prejudicando aos mais pobres, causando fome, falta de emprego e causando a emigração das populações. Por outro lado temos Jair Bolsonaro, com medidas radicais a tomar e uma luta enérgica e forte contra os bandidos. Coisa, que o povo em geral, gosta muito. Talvez seja o eleito por esta razão. Ele é, inimigo mortal do PT-PC do outro candidato.  Em todo caso parece ser menos ruim que os comunistas que governariam com Haddad.  Qualquer que seja o eleito, desejamos o melhor governo que possa ser feito em Democracia e Liberdade. O Brasil merece. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRATICOS sabemos perfeitamente que o IMPERIALISMO MARXISTA pretende nos meter a todos numa DICTADURA COMUNISTA por toda a vida, a nós, nossos filhos e os nossos netos. Temos ODIO e NOJO das DITADURAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *