A NOVA CONSTITUIÇÃO

A nova Constituição que o Chile vai elaborar através de uma Assembleia Constituinte eleita pelos chilenos todos sem interferências nem truques políticos é algo de se elogiar. Deverá ser através de mecanismos democraticamente de representação nacional. Muito diferente da Assembleia marxista da Venezuela, em que o peso dos maduristas socialistas marxistas vale o dobro do peso dos democratas não marxistas. É uma oportunidade magnífica para deixar de fora os partidos totalitários, como os fascistas e nazistas, os marxistas-comunistas e qualquer outro que lute por destruir a Democracia e implantar uma ditadura. Também é uma oportunidade especial para dar independência total as forças armadas e deixa-las com o papel de defender a pátria e suas instituições. Defender a Democracia contra as ditaduras. Contra os inimigos externos e internos. O Estado deve ter cinco poderes totalmente independentes entre si: o Executivo, o Legislativo, o Judiciário, o Defensivo (FFAA) e o Controlador. Isto deve ser implantado em todos os estados do mundo. Dessa forma, a Democracia fica melhor protegida. Os Trabalhadores não marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS lutamos contra o Imperialismo Marxista que pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *