A POBREZA

A pobreza tem diversos níveis. Existe a “pobreza de todos” mas com necessidades básicas satisfeitas em grande parte. É o caso de Cuba que tem quase 75% das suas necessidades básicas satisfeitas e para conseguir isto obriga a todo o povo a viver sob uma ditadura, uma tirania em que poucos tem muitos privilégios como comidas boas, fartas e importadas (o próprio Fidel teve uma ulcera perfurante de tanto comer presunto importado da Espanha). Uma elite que tem carros com motorista privado. Viagens ao exterior. Moradias de conforto com serviçais pagos pelo Estado. Casa na praia e na montanha.  Festas e orgias (tudo pago pelo Estado). Para isto basta falar o que a ditadura quer e gosta de ouvir. Se tem alguma delação contra algum vizinho, verdadeira ou não, melhor ainda. Tem a “pobreza comum”, em que a metade dos serviços básicos não são usufruídos por falta de dinheiro ou por abandono do governo. Alguns dizem que é por desinteresse dos governantes. Os marxistas e comunistas dizem que a causa é o Capitalismo. O sistema Capitalista é ruim, más o estatismo do marxismo é pior porque vem acompanhado de uma ditadura. Neste grau de pobreza o Brasil tem o maior número (50 milhões de pessoas). E por último tem a “pobreza extrema”, que tem 25% ou menos de serviços aproveitados e fome diariamente com subnutrição (Brasil tem 15 milhões de pessoas assim). O mais surpreendente de todo isso é que no Brasil o PT foi eleito para o governo e governou durante 14 anos seguidos e segundo eles tinham acabado com a pobreza extrema. Os recentes estudos publicados demonstram que isto é falso e demonstram que fomos enganados pela propaganda do PT que dizia que tinha acabado com a pobreza extrema (isto, agora sabemos que é uma MENTIRA deles). Descobrimos que não basta dar peixe, é necessário ensinar a pescar. Não adianta deixar roubar e roubar, dar dinheiro para todos os países marxistas e marxistoides, como Cuba (Mariel), Angola (Lauca), Venezuela (Metrô), Bolívia (hidrocarburos), Nicarágua (milícias), etc. enquanto no Brasil falta dinheiro para combater a pobreza extrema. Sem falar do dinheiro que ficou para o PT os dirigentes e seus familiares. Gastar dinheiro sem renovar e aumentar as fontes de geração é pura idiotice dos marxistas e marxistoides. Típico dos marxistas: gastar tudo sem se preocupar em como repor o dinheiro. O casamento do PT com os comunistas além de ser uma traição ao Socialismo Democrático foi uma perversão dos quinta-colunistas marxistas contra os Trabalhadores. É imperioso fazer mais empresas e, aumentar mais as empresas existentes, para assim aumentar mais a capacidade de trabalho e eliminar o desemprego. Qualquer idiota sabe que o Estado contratar TODOS os desempregados no resolve o problema, como os marxistas querem. Apenas é destruído o país e justificam a imposição de uma Ditadura, deles. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa Ditadura Comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das Ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *