ALGO CHEIRA MAL

A recente chegada de um navio chinês comunista na Venezuela com descarregamento noturno de madrugada e cercado de policiais é no mínimo pouco usual e cheira mal.  Não basta a constante e enorme chegada de adidos cubanos que tem mais mordomias que os próprios nacionais. Não pagam aluguel, não pagam passagens de ônibus, tem salários secretos, não fazem filas, comem em refeitórios militares do governo, onde quem grita com eles vai preso, onde a comida é farta e de boa qualidade (se lembram do Chile de Allende?) igual, onde os militares eram privilegiados e depois com Pinochet continuaram ainda mais). A “chinezação” da Venezuela é quase uma certeza. Os eletrodomésticos importados são 100% chineses e hoje são coisas comum no país. Quando se tire a cortina completamente, já será tarde demais: uma Venezuela cubanizada e chinezada, com influências marxistas em tudo. A Democracia usada como “papel higiénico” (o outro não existe no país), partidos políticos proibidos de participar do governo, governadores da oposição nas cadeias sob as mais absurdas acusações. Opositores banidos totalmente e também nas cadeias, Judiciário, Procurador geral e Conselho eleitoral, nomeados pelo governo, igual que em Cuba. Presidente vitalício (o que é sinónimo de ditadura). Cortes palacianas por toda vida, imprensa controlada, etc., etc. O governo do presidente Maduro é ilegal, pois resultou de uma eleição ilegal. O povo Venezuelano, em plebiscito convocado por Chaves, disse que rejeitava a reeleição continuada do Presidente. Prática rejeitada e criticada por SIMON BOLÍVAR no Congresso de Cartagena na Colômbia. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRATICOS sabemos que o IMPERIALISMO MARXISTA pretende nos colocar a todos dentro de uma DITADURA COMUNISTA por toda vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *