ATAQUE

O ataque cibernético feito pelos hackers ao edital de contratação do “Mais médicos” pela internet foi um ato desesperado (provavelmente dos marxistas) para evitar a contratação de médicos diplomados no Brasil que vão substituir os médicos cubanos do programa “mais médicos” feito secretamente entre Cuba e o PT-PC. Nas primeiras 3 horas foram cadastrados mais de 3.500 médicos e depois chegaram a um milhão de acessos colapsando o site. Hoje tentarão reparar o site da contratação para continuar com o cadastro de médicos interessados. O salário continua em R$ 11.500,00 mensais pagos integralmente aos médicos e nada para os comunistas de CUBA. Apenas sugerimos que para as regiões mais longe dos centros urbanos, sejam disponibilizadas remunerações adicionais de compensação. Somos contra a roubalheira dos comunistas que tiram 70% do salário dos médicos e os ameaçam com represálias a suas famílias se por acaso desobedecer suas ordens. Os comunistas e marxistas de América Latina gostariam que o governo lhes tirasse 70% do salário? Com toda certeza que não. Diriam que se trata de uma aberrante exploração capitalista contra os Trabalhadores. Más no caso dos médicos cubanos e outros profissionais, acham que é perfeitamente NORMAL. É o típico pensamento marxista-comunista: “façam o que digo mas não o que faço”. Slogan que apareceu na guerra civil Espanhola, quando a “Passionaria” (Comunista) pedia ao povo que disponibilizaram seus filhos na luta contra Franco enquanto ela mandava seus filhos para Rússia em segurança (depois foi ela). Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRATICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa Ditadura Comunista por toda a vida. Temos ODIO e NOJO das DITADURAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *