CALOTE

Em bom português quer dizer “dívida que não foi paga”. Ou, o que dá na mesma, “compromisso financeiro que não se honra”. O PT-PC de Lula e os marxistas emprestaram dinheiro a Cuba a través dos canalhas da ODEBRECHT (não somente a este país marxista, senão que outros também) para fazer seu porto de “águas profundas”, Mariel. As empresas capitalistas do mundo “colaboracionistas” com o marxismo, estabeleceram ali suas bases para comercializar com o resto do mundo a baixas taxas de impostos cobradas pelo governo marxista (no futuro terão que devolver estes impostos ao governo legal do exílio). Gerariam muito dinheiro aos comunistas do governo quando Mariel estivesse funcionando. Os 23 milhões de dólares (US$23.000.000) que Cuba não paga ao Brasil (faz meses), faz falta aqui no país na saúde, na educação, na segurança, etc.) Tem Brasileiro morrendo nos hospitais sem ser atendido por falta de dinheiro no hospital). Este valor de 23 milhões de dólares será debitado na conta das “costas dos Brasileiros”. É dizer serão os Brasileiros que terão que pagar em forma adicional a tudo o que está aí, por causa do infeliz porto de Mariel dos comunistas. Como sempre “o Trabalhador paga o pato”. O maldito Partido Traidor (o PT) dos Marxistas José Dirceu, Tarso Genro, Gleisi Hofmann, Lula e milhares de outros (muitos deles enganados ao pensar que o PT não é marxista) deixou nas costas dos Trabalhadores Brasileiros a conta dos erros, ladroagem, corrupção e outras “belas” e indevidas coisas de bandidos que eles fizeram quando foram governo (e mais de 10 milhões de desempregados), traindo as expectativas de milhões de Trabalhadores que esperavam um governo de Socialismo Democrático, não somente pela frente , senão que também por trás. (E não um marxismo escondido, como foi feito). Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos perfeitamente que o Imperialismo Marxista pretende nos meter numa Ditadura Comunista a todos e por toda a vida a nos, e as nossas famílias. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *