DATCHA

Com esse nome é descrito uma “casa na floresta”. Normalmente perto de um rio ou de um lago. Estão afastadas da área populacional das cidades. Muito populares na Rússia. Foram criadas na época dos Czares pelas famílias abastadas e Lenin as proibiu para todos. As que existiam (300 mil mais ou menos) as deu como prêmio aos comunistas para passarem as férias com suas famílias. Quando o comunista caia em desgraça, a Datcha era retirada dele e da sua família. Stalin outorgava as Datchas com alimentação completa e segura. Cada mercado regional tinha a obrigação de abastecer as Datchas em forma gratuita e com mantimentos que os russos comuns e os trabalhadores não tinham. Na URSS e por causa de Lenin e Stalin, ter uma Datcha era a prova de ser alguém importante no regime. Muitas Datchas eram fornecidas com automóvel e chofer (igual que na Cuba de hoje). Os empregados das Dachas eram pagos pelo Estado e em geral eram muito melhores que um hotel. Ninguém era proprietário das Datchas. Todas eram do Estado. Eram simplesmente usufruídas pelos comunistas. Quem não era comunista, problema dele e para ele. A primeira Datcha mais famosa era a de Stalin. Tirada de um rico empresário do petróleo, foi dada ao ditador para que a usasse à vontade. Foi ali que teve o primeiro derrame depois de uma tremenda bebedeira noturna. A ditadura proibia divulgar a quem eram dadas as Datchas e onde elas ficavam. Era um secreto de Estado. Os trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS somos pela TRANSPARÊNCIA nos atos de todos, pela DEMOCRACIA, a LIBERDADE e a JUSTIÇA SOCIAL. Somos contra a DITADURA e os conchavos políticos às escondidas dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *