DIA DO TRABALHADOR

No dia 1° de maio é comemorado em quase todos os países do globo (exceto EUA) o dia do Trabalhador. Entendemos como Trabalhador toda pessoa que ganha seu sustento com seu Trabalho, seja este braçal ou intelectual, só ou acompanhado por outros camaradas ou colaboradores. O Trabalhador muitas vezes faz uso do seu próprio dinheiro para manter seu trabalho de forma autônoma do governo, mas não por isso deixa de ser Trabalhador (exemplo típico: os comerciantes).

Os Trabalhadores somos muitas das vezes confundidos com a classe política dos marxistas, já que estes se dizem representantes dos Trabalhadores. Nada é mais falso que isso. É uma grande mentira dos comunistas, é uma falsidade, uma enganação. Quando os marxistas tomam o poder pelas rédeas, os Trabalhadores somos obrigados a renunciar pela força muitos dos nossos direitos. Diretos que temos consagrados e conseguido com grande sacrifício nas Democracias, tais como o direito de fazer greve por motivo justificado quando seja necessário; direito a se expressar a favor ou contra o governo ou o sistema – sem ser preso por isso –; direito a saber o que se passa no próprio país através de uma imprensa independente, a ter nosso próprio sindicato sem tutela do Governo ou do partido. Direito a sair e entrar no país quando desejado, sem ser extorquido por isso (corrupção). Direito a ter comida para comprar em forma abundante e sem restrição de racionalização ou “livreta”. Direito a não passar fome junto a nossa família. Direito a comprar o que se quer ou se puder sem fazer enormes filas e perder horas a fio nelas. Direito de ver todos com os mesmos direitos e não “vantagens” para os membros do Governo e nada para os demais. Direito a comprar aquilo que mais gostamos ou nos agrada, e não o que os gestores do governo decidir.  Direito a comprar a quantidade de pães que quisermos e não o máximo que uma livreta nos permitir. Ter um Governo preocupado com a abundancia e não com o racionamento e falta de tudo. Ter o direito de sonhar com prosperar na vida e não visualizar una vida de sacrifícios e cor cinza pelo resto da vida e seus filhos. Direito de protestar, de liberdade de opinião (pacificamente e sem agressão) e não ser punido por isso. Poder sair à rua com una placa de papelão escrita: “CHEGA DE SALÁRIOS DE FOME” e não ser preso 7 anos em cadeia por ser acusado de “antissocial e contrarrevolucionário” (como sucede em CUBA).

Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos não temos preferência por empresas do Governo, privadas, mistas ou dos marcianos, o que nos importa é que sejam bem administradas, eficazes, produzam bens e serviços, bons, bonitos e baratos, ao alcance dos Trabalhadores. Enfim, os Trabalhadores, principalmente, os Trabalhadores Socialistas Democráticos não marxistas, comemoramos este dia com Liberdade e Democracia, muita esperança que a nossa situação possa melhorar, fazendo uma completa Justiça Social.  Sabemos que, para isso, devemos exigir avanços na condução do país com mais Trabalho para todos e melhores salários, saúde e educação paga pelo Governo ou o Estado.

Os Trabalhadores Socialistas Democráticos não somos partidários, como os comunistas de: “odiar ao que tem mais que nós”, de destruir a Democracia para instalar uma ditadura somente deles, em que só eles possam mandar e os Trabalhadores dizer apenas “amém”´. Queremos que se nos permita o direito de ter nossos próprios sindicatos e partidos políticos sem a tutela do Estado ou do Partido do Governo. Queremos ter o direito de lutar por nossos interesses sem tutelas ou preconceitos contra ninguém. Que não sejamos usados como moeda de chantagem político por um lado ou pelo outro. Queremos Liberdade para praticar nosso evangelho Socialista Democrático: “ajuda ao que tem menos que tu”. Permitimos ou toleramos a existência dos ricos e super-ricos, desde que não afetem nossos interesses. Toleramos o capitalismo misto (privado + estatal) até descobrir ou inventar outro melhor. Rejeitamos o capitalismo de Estado marxista por sempre vir acompanhado por uma ditadura comunista.

SOCIALISMO DEMOCRÁTICO, O MELHOR DO SOCIALISMO (JUSTIÇA SOCIAL) E O MELHOR DA DEMOCRACIA (LIBERDADE). TEMOS NOJO DAS DITADURAS.

INSTITUTO FILOSÓFICO DEMOKRATIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *