EDUCAÇÃO SEM DITADURA

Os marxistas e comunistas pensam que unicamente a educação é plena apenas sob uma ditadura. Crasso erro e engano. Sob uma ditadura, apenas o que se ensina fundamentalmente é que a Democracia é um lixo e a ditadura é um Vergel. Numa ditadura ninguém leu ou sabe da existência do livro universal MANIFESTO DO SOCIALISMO DEMOCRÁTICO, simplesmente porque ele é proibido. Muitos cubanos afirmam explicitamente em forma honesta que não sabem nada sobre a Democracia porque nunca a conheceram em toda sua vida. Sabem, pelo que se lhes ensinam, que é muito ruim e injusta, onde os ricos são muito ricos e os pobres são miseráveis. O fato de todos eles virarem muito pobres dentro de uma Cuba semicivilizada, os faz sentir meio conformados. No Brasil, por exemplo, país de dimensões continentais, o problema da educação básica no Estado do Rio de Janeiro foi resolvido pelo ex-governador Leonel Brizola com o programa dos CIEPS, onde os alunos estudam de manhã até a tarde (horário integral) com refeições completas, sendo que o Estado de Rio de Janeiro é maior que Cuba. Brizola fez mais pela educação que Fidel Castro com toda a sua ditadura. Progama hoje abandonado pela politicagem desastrosa dos maus políticos. Brizola fez isso sem recorrer a uma ditadura (como os comunistas de Cuba fazem) mostrando que o Socialismo Democrático pode fazer muito por todos em forma civilizada. Basta querer. Os trabalhadores não marxistas sabemos que o IMPERIALISMO MARXISTA pretende nos engaiolar numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *