FAKE GREVE

Temos chamado assim a prolongação da greve de caminhoneiros do Brasil. A greve já terminou faz dois dias (27/05/2007) e ainda se mantém “misteriosamente” em grande parte do país. Num bloqueio de uma importante estrada do Norte, a polícia deteve sete membros que não eram caminhoneiros nem membros do sindicato algum. Eram, seguramente, “agitadores políticos” a serviço do Imperialismo Marxista com o intuito de desestabilizar a Democracia a qual eles ODEIAM e tentam substituir por uma horrorosa ditadura comunista, na qual todos seremos escravos do Estado como em Cuba. Aliás, em Cuba não há caminhoneiros (que são proibidos) e nem pode haver já que lá são todos miseráveis economicamente sem condições de comprar um caminhão.  Dizem que a “grande greve dos caminhoneiros do Chile” em 1973, liderada pelo presidente do sindicato Leon Vilarin foi a “mãe de todas as greves” de caminhoneiros da América Latina. A qual serviu de justificativa a Pinochet para dar o golpe de Estado, e que a maioria ficou feliz sem saber que estávamos entregando nossa alma ao diabo. Os marxistas com seu braço político, os comunistas, os seus súbditos, os pró-comunistas (PT do Lula) e os tontos úteis de sempre, dizem que a tal greve foi financiada por USA. Isso dizem sem prova alguma já que estão acostumados a mentir como Joseph Goebbels. Perguntamos: e esta greve, quem a está financiando? Os comunistas e seus aliados estão calados como cobras venenosas à espreita do bote. Também é o USA? Não será o Imperialismo Marxista? Uma importante informação: Leon Vilarin teve seu caminhão confiscado e não seria devolvido (Pinochet = o diabo, o fez). O subsecretário do interior “Barnabás Collin” disse que seria devolvido. Más ninguém já acreditava neles. O Leon Vilarin saiu mais pobre que antes. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos colocar numa jaula de uma ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras. O fato de sermos contrários ao marxismo não significa que sejamos partidários do injusto, opressor e explorador Capitalismo Selvagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *