FAKE NEWS

Podemos considerar que 100% da imprensa marxista propaga notícias falsas como sendo verdades absolutas. Isto é “fake News”. A propaganda política dos Partidos Comunistas disse que os Parlamentos (que representam 100% do povo de um país) tem praticado um “golpe brando” ao destituir legalmente (dentro da lei) os Presidentes de Paraguai (Lugo o “fornicatore”) e Dilma (a antipática filo-comunista que não recebia nem os próprios aliados no seu palácio). Os comunistas não têm podido mencionar nem um item de ilegalidade no impeachment de estes dois aberrantes mandatários. Queriam transformar o Brasil ou Paraguai numa Venezuela??. O Parlamento é a casa do povo e representa 100% dele. O Presidente representa apenas a maioria circunstancial dele. Se a Constituição do próprio pais contempla o impeachment legal, por que chamar de “golpe branco”. Os comunistas queriam que o desemprego desenfreado de 10 milhões de brasileiros que tínhamos com a Dilma, continuasse até os 100 milhões? Queriam una Venezuela em Brasil ??Ou queriam que continuasse no poder sem importar-se com o que passava abaixo dela? O poder pelo poder, simplesmente? As recentes declarações do deputado Gabriel Boric do Chile criticando Maduro de Venezuela, Ortega da Nicarágua e a ditadura comunista de Cuba, despertam a ira dos comunistas, dizendo que o deputado está dando “água” para a direita. Quem da agua para a direita, são os comunistas que praticam a injustiça social, a prepotência contra o povo, que negam aos Trabalhadores que tenhamos opinião própria e diferente deles, que aplicam a força com energia contra o povo Trabalhador, que votemos apenas naqueles que eles querem, que nos mantenham subjugados em uma feroz ditadura, que somente eles controlem a economia, as fábricas, as indústrias, as fazendas, etc. Tudo. Sabemos que o IMPERIALISMO MARXISTA quer nos meter a todos numa Ditadura Comunista, perpetuando-se no poder para sempre e nos fazendo seus escravos. Temos ODIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *