FALTAR ou SOBRAR

Vemos com angustia e muita pena (um pouco de indignação também) como os governos de Argentina e Brasil gastam mais do que arrecadam. Sabemos que quando sobra dinheiro, há mais dinheiro para gastar, principalmente em obras sociais ou atividades sem lucro, como educação, saúde, segurança, etc. Quando falta dinheiro, todas as atividades são prejudicadas. Por outro lado, países como Chile e Portugal apresentam superávits crescentes, o que permitirá a eles melhorar a situação do seu povo, pois há dinheiro para isso. Recentemente, Argentina recebeu dinheiro do FMI para equilibrar as contas. Até aí tudo bem. Mas ninguém se lembra que isso tem que ser pago. As gerações futuras é que vão pagar o pato. Como sempre, a conta vai cair nas costas dos trabalhadores. Numa ditadura comunista endividada como a Cubana, é proibido falar disto, e todos pagam o pato (menos os comunistas). Os trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *