JOÃO DE DEUS/DEMÔNIO

Temos visto pela imprensa que o “curandeiro” espírita chamado de João de Deus, do Brasil, praticava junto com o bem (curar as pessoas) também praticava o mal, assediando sexualmente a algumas das suas pacientes. São inúmeros (mais de 200) os casos que comprovam esta denúncia. Isto nos traz a memória o comportamento do sistema marxista e seu braço político, o comunismo de fazer algo de bom para poder fazer o mal. Tal qual Stevenson o descreveu em seu livro “Dr. Jekill and Mr Hyde”. Não há parte do mundo em que o comunismo não faça o bem apenas para poder justificar ou esconder o mal (esconder a maldade). O marxismo e comunismo tem duas caras, uma boa e uma ruim. A cara boa é mostrada e a cara ruim é negada e escondida. Não há comunismo sem ditadura, sem opressão, sem cerceamento da liberdade. Sua caraterística: falta de democracia, falta de respeito, perseguição, demagogia, com mentiras (lembrar que Fidel Castro falava que Cuba seria uma potência material em que seria inundada a Baía de Havana com tanto leite produzido, que exportariam carne e frutas dos excedentes pecuários e agrícolas). Tudo demagogia e mentiras. Todo o bom que o comunismo possa ter ou fazer, a democracia também pode fazer sem necessidade de submeter todos os trabalhadores e a sociedade a uma ditadura de um único partido (o Partido Comunista) entregando todas as empresas aos comunistas. O Socialismo Democrático é diferente do marxismo e comunismo, pois faz o bem a todos e não faz o mal a ninguém sem ditadura, em democracia e liberdade. Os trabalhadores NÃO marxistas, SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *