LEI HELMS-BURTON

Esta lei redigida pelos congressistas americanos Helms e Burton e aprovada pelo Presidente de USA Bill Clinton, foi uma resposta à derrubada dos aviões que identificavam e ajudavam a balseiros cubanos que fugiam de Cuba da tirania comunista do governo maldito da ditadura dos castro-comunistas. O assassinato dos MIG cubanos contra os pilotos e da tripulação destes aviões desarmados foi um ato cruel e malvado, ao mais puro estilo nazista. Esta lei, estabelece que qualquer país que negocie com Cuba deverá ter sua entrada (e de seus produtos) proibidos em USA.  Fica a opção, entre comercializar com Cuba ou com EEUU, em forma excludente. Da mesma forma, os navios que atraquem em Cuba não poderão atracar em USA. Muitos idiotas acham que esta medida é muito cruel, pois recrudesce o embargo americano. A verdade é que, sim, é isso que se pretende fazer com os comunistas. É uma lei legítima de USA e de qualquer país do mundo: comercializar ou negociar ou não com qualquer outro país. Não negociar com a ditadura comunista de Cuba é uma decisão consciente e legal do governo norte-americano. Os trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS defendemos a DEMOCRACIA, a LIBERDADE e a JUSTIÇA SOCIAL. Somos contra as DITADURAS e as TIRANIAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *