MAIS DE 1%

Dizíamos que muita gente (mesmo que a maioria não acredite) disse que mais ou menos 1% dos marxistas é conversível em Democratas. Logicamente depois de um período de “desintoxicação” ideológica. O restante (99%) não vale a pena nem tentar, é pura perda de tempo, não tem remédio. Neste contexto, temos o caso do auto intitulado marxista Gabriel Boric do Chile, deputado do Frente Amplia. Muitos de nós (talvez você também) pensávamos morrer sem ouvir um marxista criticando o sistema ditatorial comunista de Cuba. Pois bem vejamos o que disse este deputado ao respeito do seguinte (tradução livre): “CRITICAR A MADURO DA VENEZUELA É SER GOLPISTA? OU É SER DEMOCRATA? CONDENAR ORTEGA PELO RUIM QUE ESTÁ FAZENDO A SEU POVO, É SER A FAVOR DO CAOS? OU E SER RESPEITOSO DAS LEIS? CRITICAR CUBA E SUA DITADURA COMUNISTA, É SER AGENTE DA CIA? OU É QUERER A DEMOCRACIA PARA ESSE PAÍS?” Muitos dirão que a este deputado o está picando o bichinho da Democracia e do respeito aos demais. Ou é “um estranho no ninho marxista”. Ou já não é marxista??. Os Trabalhadores NÃO marxistas Socialistas Democráticos sabemos perfeitamente que o IMPERIALISMO MARXISTA fará de tudo para nos meter numa jaula de uma ditadura comunista. Temos ODIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *