CENSO SUSPEITO

O ditador socialista marxista da Venezuela, Nicolás Maduro, tem ordenado adiantar o censo que por lei deveria ser feito em 2021. Mas como Maduro é um ditador inescrupuloso, pouco importam para ele as leis do país. A lei é ele, ainda mais quando os marxistas falam “amém” para ele. Democracia é uma palavra propagandística apenas. O estranho é que o censo será feito nos moldes de Cuba, quando Fidel Castro fez um censo em 1960 e foi o prelúdio dos confiscos de moradias, especialmente das famílias que estavam fugindo do comunismo. Outra coisa estranha para nós democratas e perfeitamente normal para os marxistas, é que o censo não será feito por profissionais da Direção Nacional do Departamento de Censos e Estatísticas, senão que pelos partidos socialistas marxistas PSUV e o Partido fundado por Maduro. Os militantes marxistas é que terão todo o poder de identificar as moradias com as letras “RG” (revolucionário que apoia o Governo) quando a vivenda for censada, com as letras “NR” (não-revolucionário) quando a vivenda estiver vazia, e com as letras “CR” (contrarrevolucionário) quando os moradores não aceitem ser censados. Se isto não é uma afronta da ditadura marxista-comunista contra os cidadãos, então é melhor aceitar que “os elefantes podem voar”. Os trabalhadores não marxistas socialistas democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *