O IMPOSTO DE 1%

O Presidente Sebastián Piñera do Chile anunciou que entre outras modificações na sua política, para acalmar os ânimos, está a de cobrar 1% de imposto para as grandes fortunas. Esta é a maior piada do mundo ocidental. Disse o Presidente que com este imposto será muito arrecadado. Em outras palavras, o Presidente reconhece que os ricos são exorbitantemente RICOS. Se fosse 1% dos pobres, seria muito sacrifício para os pobres. Mas se tratando dos ricos, o 1% não faz nem cócegas neles. É menos que um cuspe. Não acreditamos que o dinheiro arrecadado será útil em sua quantia obtida, por outro lado, os ricos seguirão sendo ricos e talvez mais ricos que antes. Um que outro rico dirá: “sempre pagamos nossos impostos com um sorriso, agora o governo quer que paguemos com dinheiro, paciência”.  O Socialismo Democrático propõe um método que é mais justo a todos: todos os cidadãos com rendimentos, deveriam pagar um único imposto sobre o que ganham e recebem, sendo que os que estão abaixo da linha de pobreza, não pagariam nada. Os demais seriam cobrados linearmente, conforme o número de salários ou entradas que tenham, com um máximo de 50%. Talvez até sobraria dinheiro e não haveria necessidade de implantar uma ditadura para isso.  Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida, junto com as nossas famílias. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *