OS PROMARXISTAS

Quando Hitler invadiu a Bélgica sem motivo algum, alguns batalhões do exército belga depuseram as armas e outros facilitaram a entrada das forças nazistas em seu território. Essas forças traidoras foram chamadas de quinta-colunistas. Na política não é usado o termo de quinta-colunistas, senão que de “tontos-úteis”. Mas refere-se ao mesmo assunto: grupos que permitem a entrada do inimigo até tomar conta de tudo. São verdadeiros traidores da pátria e da Democracia. Outros os chamam o “cavalo de Troia”. Ser democrata é uma coisa, se fazer passar por democrata é outra coisa. Normalmente os que se fazem passar por democratas mas que deixam, permitem e facilitam a vida dos marxistas para se apossar do governo, são na verdade “prototalitarios”. Estes são de dois tipos, os de extrema direita, normalmente fascistas e os de extrema esquerda, os marxistas. Entre estes últimos, os mais perigosos para a Democracia são os comunistas. Os que favorecem aos comunistas, são conhecidos como “procomunistas”. São tão perigosos, canalhas e intratáveis quanto os verdadeiros tontos úteis que diziam em 1959: “deixem a Fidel Castro fazer o que quer, depois veremos se for bom o não”. Quando descobriram que não era nada de bom, já era tarde demais e não havia jeito nenhum de sacar o tirano. Criou uma ditadura comunista atroz e meteu todos os cubanos dentro. Pelo princípio da reciprocidade, devíamos tratar aos comunistas como eles tratam aos democratas dentro da Cuba comunista. Os trabalhadores não marxistas socialistas democráticos, sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos dentro de uma ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *