PREGUIÇA?

Há uma falta de seriedade dos direitistas-fascistas e dos marxistas-comunistas quando eles afirmam que os trabalhadores não gostamos de TRABALHAR. Não seriamos trabalhadores e sim apenas vagabundos irresponsáveis se isso fosse verdade. Todos sabemos que os extremistas adoram as Forças Armadas quando estão do seu lado ou sob seu controle (neste caso são “Forças Amadas”). Vemos as ditaduras, como é vergonhosa a adulação das FFAA. Não podemos dizer o mesmo do pensamento destes demagogos com referência aos trabalhadores. Fidel Castro, o líder demagógico e mentiroso dos comunistas da América Latina, dizia que o povo cubano não gostava de Trabalhar e, por isso, todas as desgraças de Cuba e seu atraso total. Ou seja, atribuía a culpa do seu fracasso exclusivamente ao povo cubano. Era um miserável de espírito. A crise em Argentina é enorme, fome, falta de trabalho, salários baixos (melhores que os de Cuba e Venezuela), falta de investimento, governo inchado, etc. Os direitistas e os fascistas da Argentina dizem que toda a crise do país é por causa do povo argentino, que não gosta de trabalhar nem fazer sacrifícios e porque quer que o governo de a eles de graça tudo o que precisam. É dizer, vemos com claridade que tanto a direita-fascista quanto o marxismo-comunista ofendem o povo que por fora dizem que amam e por dentro detestam, odeiam. Os trabalhadores não marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos que tanto a extrema direita – fascista – quanto a extrema esquerda marxista lutam por nos meter numa gaiola de uma ditadura. Os trabalhadores não marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *