PROPRIEDADE E IMPOSTOS

Muitos de nós achamos que é uma injustiça social que se cobre imposto – o mesmo imposto – pelo litro de leite a um rico e a um pobre.  Para o rico o imposto pago pelo leite não faz a menor diferença. Mas para um pobre, sim. Muitos pais deixam de comprar os alimentos básicos aos filhos por causa dos impostos cobrados a eles. Os Socialistas Democráticos, sabemos que é muito difícil isentar aos pobres e deixar aos ricos para que paguem seus impostos. A única solução que vemos é isentar a todos; ricos e pobres. Isso favorece aos ricos? Sim. Mas também favorece aos pobres, que tem muita necessidade, pois se evita a desnutrição dos filhos. O mesmo é com os remédios. Então, em resumo: aceitamos que se tome uma medida que favoreça aos ricos, mas que também favoreça aos pobres no lugar de uma medida que prejudique a todos, como cobrar um imposto igual a todos por isso, pois não queremos que se prejudique aos pobres por isso. De aonde sairá o dinheiro que substituirá e cobrirá o isentado desses impostos? Resposta: dos supérfluos, típico do consumo dos ricos (caviar, cigarros, bebidas alcoólicas, veículos e propriedades de luxo, etc.). Acreditamos que não é preciso instalar una ditadura para administrar o dinheiro arrecadado em forma correta e com justiça social num país. Isso está escrito no Capítulo 4 do Manifesto Socialista Democrático. É óbvio dizer que somos partidários da propriedade privada, tanto das moradias como dos meios de subsistência (produção e serviços). Isso deve ser sempre respeitado. Estatizar todo é uma estupidez do tamanho de um elefante. Nos países onde se estatizou, agora funciona todo pior que antes. Nada se fez por melhorar. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos sabemos com certeza que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

O “SOCIALISMO DEMOCRÁTICO” REÚNE O MELHOR DO SOCIALISMO COM O MELHOR DA DEMOCRACIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *