QUEM SÃO OS PRÓ-MARXISTAS?

Pelo significado direto da palavra, são aqueles que defendem o marxismo de alguma forma (velada ou aberta). Os que são contra os pró-marxistas são aqueles que são contra o marxismo, ou seja, contra a luta de classes, contra a ditadura do proletariado (leia-se “ditadura dos comunistas”). Normalmente os democratas e os fascistas (ambos são contrários). Como reconhecer um pró-marxista? É difícil reconhecer um pró-marxista, porque eles se movem entre nós como se fossem “democratas”. Muitos deles dizem que são a favor da Democracia e que a defendem, mas é fácil descobrir a sua verdadeira cara. Basta perguntar-lhes o que pensam do comunismo em Cuba ou do socialismo marxista de Maduro. São os verdadeiros “cavalos de Troia” do comunismo. Vejamos como respondem: Lula do Brasil diz: cada povo é soberano de ter o regime que desejar (só que em Cuba o povo não foi consultado para impor o comunismo). “Não farei nada para mudar o regime de Cuba” (não fará nada para ajudar a Democracia). Também disse “o Fidel Castro gostou da macarronada que a minha esposa Mariza fez para ele quando me visitou em casa” (isso já diz tudo). Lopez Obrador, o hipócrita marxista do México: “Evo Morales tem as portas abertas do México” (Evo Morales foi o ex-Presidente da Bolívia, que tratou de perpetuar-se no poder para “impedir a Direita de chegar a ele”, um asqueroso marxista). Será um prazer dar asilo a Evo Morales (disse o populista descerebrado pró-marxista Presidente da Argentina, Alberto Fernández). Daniel Ortega, marxista de Nicarágua: “não adianta ter esperanças, em USA governando os Republicanos ou os Democratas, nada conseguiremos” (o que espera conseguir este imbecil assassino??). Qualquer pró-marxista é identificável, porque aceita fazer alianças com os comunistas e não aceita criticar Cuba nem a Venezuela socialista marxista de Maduro. Os Trabalhadores não marxistas sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *