QUEM TRABALHA MAIS, GANHA MAIS

Nada é mais logico que a premissa de ganhar mais quem trabalhar mais. Quem trabalha 45 horas semanais deve ganhar mais do que quem trabalha 40 horas por semana, que por sua vez ganha mais do que quem trabalha 22,5 horas por semana, que por sua vez ganha mais do quem trabalha 20 horas por semana, que por sua vez ganha mais que quem trabalha 5 horas por semana. Se uma pessoa todos os dias das 6 às 7 horas da manhã prepara o café da manhã para um escritório de 12 pessoas e logo vai a trabalhar no seu emprego normal num outro lugar, numa outra empresa, deve ganhar menos que quem trabalha a jornada completa no escritório no qual prepara o café da manhã. Essa pessoa, por trabalhar apenas uma hora por dia nesse escritório preparando o café de manhã (5 horas por semana), deverá ganhar menos que aquela que trabalha mais. Os comunistas propõem que nos países democráticos os trabalhadores trabalhem no máximo 35 ou até 40 horas semanais e recebam o salário de 45 horas por semana. Nos países comunistas eles obrigam os trabalhadores a trabalhar até 60 horas por semana recebendo o salário equivalente a 10 horas por semana. Os “trabalhos voluntários” nos países comunistas são obrigatórios e sem pagamento algum. É a lei comunista de que “façam o que digo, mas não o que faço”. Os trabalhadores não temos medo do trabalho. Gostamos de trabalhar. Por isso achamos demagógico que os comunistas proponham que trabalhemos menos de 35 horas e nos paguem por 45 horas por semana. Não gostamos que não nos paguem pelo que trabalhamos, assim como não gostamos de ganhar pelo o que não fizemos. São verdadeiros “cara de pau” que não conhecem aos trabalhadores. Os trabalhadores não marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos enganar e enjaular a todos numa ditadura comunista por toda vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras e dos demagogos sem-vergonhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *