RECORDAÇÕES TRISTES

Nesta semana aconteceram dois tristes acontecimentos. O primeiro é o falecimento, de causas naturais, de Dona Eunice Paiva. Viúva do ex-deputado Rubens Paiva, sequestrado, torturado e assassinado pela ditadura militar fascista no Brasil de aquela época. Dona Eunice teve que criar os 5 filhos sozinha sem a presencia e o apoio do pai dos seus filhos. Dona Eunice é um exemplo de superação, luta e abnegação de uma mulher que lutou bravamente por encontrar (em forma infrutífera) seu marido e teve que assumir o papel de chefa da família sozinha. Dona Eunice era formada em letras e posteriormente se formou em Direito, em advocacia. Lamentamos a morte desta mãe e mulher corajosa. O segundo acontecimento é o 50° aniversário do Ato Institucional num. 5 (AI-5) da ditadura militar fascista que retirou todos os direitos das pessoas no Brasil. Era a ditadura militar mas sinistra em seu pior período. Recordamos com tristeza e indignação esta afronta a Liberdade à Democracia. Coisa muito comum nas ditaduras de Venezuela e Cuba, de hoje. Malditas ditaduras. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRATICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ODIO e NOJO das Ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *