SERVIÇO ESCRAVO

Os marxistas dizem que os serviços que prestam os profissionais cubanos em terras estrangeiras não é “trabalho escravo” como se vê, isso simplesmente porque os profissionais são remunerados para fazer tal serviço. Seriam escravos se não receberam nada. Eles enchem de elogios aos profissionais cubanos, como patriotas, desinteressados, altruístas, abnegados, etc., etc. A verdade é outra. Muitos são forçados a aceitar 100 vezes o soldo que ganham em Cuba com um sorriso nos lábios. É como aquele que se encontra no deserto e lhe é oferecido um copo de água. Muitos não se importam com quem dá o copo de água beba dois e os demais um só, mesmo que precise de mais água. Os médicos cubanos recebem de 30 a 40% do que eles merecem e o 60 a 70% vai para os comunistas de Cuba. Numa Democracia, os comunistas dizem que isto é uma escravidão mas no caso de Cuba é puro “patriotismo” e “abnegação”. É dizer um mesmo peso com duas medidas. Para os marxistas isto é perfeitamente normal. O fato dos hierarcas comunistas de Cuba comer abundante do bom e do melhor, é normal. O povo passar fome, também é normal. Estes cretinos acham que todos os demais somos idiotas e facilmente seremos escravizados e que agradeceremos de coração …. Os Trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa Ditadura Comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *