SOCIALISMOS

Quantos socialismos existem? A maioria das pessoas principalmente da direita (inculta) pensam que o socialismo é apenas UM SÓ. Talvez porque esse socialismo seja o mais difundido pelo lado ruim. Esse socialismo é o socialismo marxista, que é 100% comunista e segue a orientação do imperialismo marxista. Mas vejamos os tipos de socialismo que existiam na época de Karl Marx, e o que ele achava deles. Fonte: Manifesto do PC – Karl Marx. : 1) “socialismo feudal” (segundo Marx, formado e criado pela velha aristocracia inglesa e francesa), 2) “socialismo pequeno-burguês” (segundo Marx, formado pelos restos da aristocracia feudal), 3) socialismo alemão ou verdadeiro socialismo (Marx aqui expõe seu total germanismo, originário da sua terra natal, mas o define como pura literatura abstrata), 4) socialismo conservador ou burguês (Marx o define como pretexto para a burguesia seguir dominando o mundo), 5) socialismo ou comunismo critico-utópico (Marx pensa que lhe falta valor prático e toda a justificação teórica).  Enfim, como se pode apreciar, Marx critica TODOS os socialismos da sua época. Os idiotas dizem que o socialismo é o primeiro passo para o comunismo. Nem sabem o que é o socialismo. Somente querem o comunismo, que é ruim de “cabo a rabo” e muito prejudicial aos trabalhadores pela sua demagogia. Posteriormente, a publicação do asqueroso Manifesto Comunista, foram conglomerados os diversos conceitos e objetivos do socialismo moderno, socialismo humanista ou socialismo democrático que Marx não teve tempo de criticar, pois morreu antes, mas seus seguidores o acharam que era uma filosofia muito perigosa para as mentes dos trabalhadores (tinham medo dele) e durante a Revolução Russa, o assassino e delinquente Lenin com seus capangas, Stalin e Trotsky, o proibiram e EXTERMINARAM os seguidores dessa filosofia. Os trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS amamos a DEMOCRACIA e detestamos a DITADURA. Queremos JUSTIÇA SOCIAL. (Ver o Manifesto do Socialismo Democrático). O socialismo nacionalista alemão, mais conhecido como nazismo, nem vale a pena comentar. O mesmo com o fascismo italiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *