SOLIDARIEDADE E INTERNACIONALISMO

O quinto objetivo dos Trabalhadores não marxistas, especificado no Manifesto Socialista Democrático, é a “Solidariedade Internacional” de todos os Trabalhadores Democráticos. As lutas de um deles é a luta de todos, estejam onde estiverem. Quando um ditador ou uma ditadura é instituída, estamos frente a uma agressão à Democracia. Todos os Trabalhadores do mundo estamos contra a Ditadura porque é uma agressão contra todos os homens livres, uma agressão contra a liberdade contra a Democracia.  Os Trabalhadores não queremos ser tratados como animais, como gado, sem a liberdade que nos pertence e que a ditadura nos rouba. As lutas dos Trabalhadores não são apenas por questões econômicas e sociais, senão que também questões políticas. Queremos a Democracia, não queremos a Ditadura. Os Trabalhadores devemos estar sempre alertas para impedir que os Totalitários se ponham do nosso lado esperando “dar o bote” e instaurar uma ditadura para logo nos subjugar. Esta Solidariedade Internacional deve nos unir em todas as causas dos Trabalhadores do mundo, sejam sociais, econômicas ou políticas.  Sempre dentro e pela Democracia. Nesta luta, podemos nos unir – temporariamente – aos nossos adversários na Democracia, mas JAMAIS aos nossos inimigos, os Totalitários. Não devemos esquecer que os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos temos ÓDIO e NOJO das Ditaduras.

A DEMOCRACIA É O MURO DE PEDRA QUE SEPARA O TOTALITARISMO DE DIREITA DO TOTALITARISMO DE ESQUERDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *