VICTOR JARA

Não nos deteremos na posição política errada do cantor chileno Victor Jara (RIP). Era um comunista, provavelmente formava parte do 1% dos comunistas que não gostavam de ditaduras nem de partido único. Era, provavelmente um “enganado” (como muitos de nós fomos em nossa juventude). Diremos que cantava muito bem e tocava violão com alma. Muito agradava a todos nós. Foi preso no dia seguinte do golpe militar de Pinochet (que a maioria apoiamos), que depois descobriu-se que era um fascista. Foi enviado para o campo de concentração do estádio Nacional. Ali foi torturado e assassinado por 10 militares ao serviço dos fascistas de Pinochet. Um dos assassinos está escondido sob a proteção de Trump em USA. Quebraram seus dedos, sua mão e machucaram seriamente seu rosto. Seu corpo inerte foi jogado na rua perto de um cemitério. Os canalhas, ao serviço da direita fascista, eram do exército, mas não serviam a Pátria como se esperaria deles, senão que eram delinquentes que serviam a direita fascista de Pinochet. Acreditavam que matando comunistas iam acabar com o comunismo. Eram uns IDIOTAS!!! (Não sabem que o comunismo se derrota — não se extermina — praticando o Socialismo Democrático). Hoje um juiz chileno (em jun-2018) os condenou a 15 anos de cadeia. É pouco castigo para estes quase animais da direita. Ninguém falou para eles que os comunistas antes de ser comunistas, são seres humanos, e como qualquer outro ser humano não deve ser assassinado?? (O mesmo vale para os comunistas em relação aos democratas). O fato de sermos contra a direita fascista não nos aproxima nem um milímetro do Imperialismo Marxista que pretende metermos a todos numa ditadura comunista. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *