BANDIDOS SEMPRE BANDIDOS

A recente notícia de que o ex-presidente do Peru, Alan Garcia, cometeu suicídio quando ia ser arrestado para averiguações de ter recebido dinheiro da Odebrecht é profundamente angustiante. Como todo mundo sabe, a empresa de obras públicas Odebrecht tem um passado recente – de mais de 30 – anos em que age fora da lei corrompendo funcionários públicos e políticos para fazer seus negócios em detrimento do povo. Esses delitos foram cometidos pela empresa de “bandidos” em todo o mundo. Tanto nos países comunistas (Cuba, Venezuela) como nos países democráticos. É uma organização internacional de bandidos. O único país que falta é o Chile, que suspendeu a construção de uma enorme ponte entre o continente e a ilha de Chiloé que seria feita pela Odebrecht. A suspensão deveu-se a que o escândalo de corrupção internacional desta empresa estourou e veio a público, desencorajando as autoridades chilenas (Chile foi salvo no último minuto). Roubar dinheiro dos trabalhadores e ninguém saber, somente nas ditaduras. Os trabalhadores Não Marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS somos contra o roubo e a corrupção. Somos a favor da transparência e da DEMOCRACIA. Somos contra as DITADURAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *