CAPITALISMO SELVAGEM

Muitos sofremos as consequências do “capitalismo selvagem” praticado nas Democracias imperfeitas. São milhares de coisas, algumas pequenas e outras grandes. Vejamos uma grande: no Chile, onde se pratica o capitalismo selvagem, a educação e saúde públicas são pagas. Ou seja, se paga em dobro: pelos impostos pagos e tirados dos Trabalhadores e pelo uso dos estabelecimentos públicos pelos próprios Trabalhadores. Uma aberração total. Pequenas coisas, como os Bancos que cobram pequenas quantias (usando subterfúgios) dos clientes (exemplo: mandando cartão de credito sem ser pedido). O capitalismo selvagem também é praticado entre empresas: quando uma empresa manda uma cobrança a 28/30 dias e põe uma multa por dia de atraso, mas não põe um desconto por dia de pagamento antecipado. Em todos os casos (e são milhares de casos), há a presencia da “LEI DO FUNIL”: a parte mais larga para o lado mais forte e a parte mais estreita para o lado mais fraco. Os governos de Direita nem ligam para isso. Muito pelo contrário, se bandeiam para o lado mais forte, de forma que os ricos sejam mais ricos e os pobres mais pobres. Justiça social? Nem conhecem o significado da palavra! Os Trabalhadores não marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS devemos lutar em forma incessante e contundente para estabelecer a justiça social em nossos países, sempre dentro da Democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *