FFAA E POLÍTICA

Todo mundo sabe que o Socialismo Democrático é a favor das sociedades sem FFAA. Onde não são necessárias, elas não devem existir. Isso está escrito em nosso Manifesto Universal (Manifesto Socialista Democrático). O dinheiro economizado é bastante para ter um excelente sistema de saúde e educação nacional. Também dá e sobra para ter uma excelente rede de obras públicas e de infraestrutura. Isto acontece na Costa Rica e no Panamá, países que renunciaram a manter FFAA. Sem mencionar em detalhe Alemanha e Japão que têm FFAA de autodefesa minúsculas. Hoje usufruem desta determinação. A vida é melhor e os partidários da existência de FFAA que falavam que os países não durariam um ano sem FFAA e que seriam invadidos, se mostraram infundados, alarmistas e irreais. Os países hoje são mais prósperos, mesmo com alguns problemas por resolver. A Democracia está mais firme que nunca e apesar que Cuba tenta se aproveitar disto e desestabilizar os governos de Costa Rica e Panamá, não tem conseguido êxito. O comunismo está fardado ao fracasso, mesmo tentando dia a dia, virar as cabeças dos cidadãos. Em Cuba e Venezuela, as FFAA são utilizadas para reforçar o marxismo, no restante dos países, são o fiel da balança em favor da Democracia. O perigoso, é que dependem dos governos, e estes são políticos. Lembremos que o presidente Correa do Equador tentou o marxismo nesse país e as FFAA não deixaram, mesmo dependendo dele. Isso não sempre sucede. Basta ver a Venezuela. Basta dar três apartamentos para cada general, para ter eles do lado do marxismo. Pensamos que as FFAA, onde existam por uma necessidade de força maior, devem ser absolutamente independentes de qualquer outro poder do país. Sua função: defender o país de invasões e do marxismo. Os trabalhadores não marxistas, sabemos que o Imperialismo Marxista pretende por todos os meios, nos submeter a uma horrorosa ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *