HELIO

Muito tempo atrás – para nós, os esquerdistas, nossos ídolos eram Lula e Helio Bicudo. Ambos dois pareciam ser os opostos unidos por um ideal comum. Esse ideal era de formar um partido no Brasil que desse uma esperança a classe trabalhadora a pesar que duvidávamos dessa classe trabalhadora. O Lula era um operário semianalfabeto (com alergia de ler livros) com claras aptidões sindicalistas e falava que não queria nada com os comunistas, pois era partidário da Democracia, apesar de ter um irmão comunista.  O Helio Bicudo era um intelectual de marca maior e professor universitário.  Ambos dois tinham o mínimo necessário: um carro e uma casa. Viviam do seu trabalho unicamente. Os dois formaram o PT: Partido dos Trabalhadores. Helio Bicudo, anos más tarde, renunciou ao PT (seu partido, fundado por ele) pois viu que o partido era dominado por Lula e havia se rodeado de capangas com claro “apetite marxista”. O PT enveredava para ser um tentáculo do Imperialismo Marxista. Os marxistas estavam felizes. Helio Bicudo continua hoje, com sua casa e seu carro, acreditando no mesmo de anos passados: na justiça social de todos, dentro e fora do Brasil. A Democracia é uma condição “sine qua non” para as reformas e a Liberdade. O Lula, está preso por “ladrão”, e a pesar de ser um dos mais ricos do país com salário (que ele mesmo reconheceu) um pouco mais que R$ 30.000,00 por mês (US$ 8.000.00 dólares) continua dizendo que somente ele é honesto e todos os demais somos ladrões. Para Brasil, disse que deseja uma Democracia e para fora do Brasil uma ditadura marxista. Isso se chama ter duas caras. Ou de outro modo: servir a Deus e ao Diabo. Alguém entende isso? Os Trabalhadores não marxistas sabemos que o Imperialismo marxista pretende por meios não decentes meter a todos nós numa ditadura comunista para sempre. Temos ÓDIO e Nojo das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *