MAIS MÉDICOS

O governo do PT, saturado de marxistas, contratou para o Brasil mais de 15.000 médicos cubanos. Uma forma encontrada para ajudar o Brasil e o governo comunista de Cuba, fazendo o que se chama uma “rachadinha”, que demostra o mais asqueroso e perverso crime contra os trabalhadores. Trata-se de pagar um grande salario, mas dar ao trabalhador a metade (ou menos) do salário combinado e ficar ou desviar a outra metade (ou mais) normalmente para seu uso pessoal. Tudo isso com a anuência (a contragosto) do funcionário que do contrário ganharia NADA e continuaria desempregado. Isso é praticado normalmente por políticos sem escrúpulos, perversos e pouco honestos. Atualmente, até um dos filhos (Flavio) do Presidente Bolsonaro está sendo suspeito desse crime. Ademais, isso foi uma surpresa para todos, especialmente aos que o elegeram Senador, por enorme maioria. Mais de 2.500 médicos cubanos decidiram ficar no Brasil e pedir asilo do que voltar à tirania comunista de Cuba. Isso não foi fácil, considerando que na ilha moram seus familiares e que agora serão punidos se não os rejeitarem por sua atitude de pedir asilo no Brasil. Os que voltaram não o fizeram porque o a ditadura comunista é boa, já que lhes roubava mais de 70% do seu salário (SUPER-RACHADINHA). O fizeram por causa da família. Eram escravos do governo ditatorial e seguirão sendo, por causa disso. Paciência! Isso que queriam ajudar o Brasil era pura MENTIRA ENGANOSA DELES E DA DITADURA COMUNISTA CUBANA. Agora o governo de Jair Bolsonaro deveria tomar as rédeas disso e contratar os médicos asilados que ficaram (pagando todo o salário deles e eles) nem que seja em caráter emergencial. Os trabalhadores NÃO marxistas SOCIALISTAS DEMOCRÁTICOS lutamos pela DEMOCRACIA e sentimos ÓDIO e NOJO das DITADURAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *