MENOS MAL

Quando se soube da vitória do candidato a Presidente do Brasil Jair Bolsonaro sobre o candidato do PT Fernando Haddad, muitos falaram “menos mal”, principalmente os que não votaram a favor do PT, mas não tinham verdadeira convicção pelo Jair Bolsonaro. Muitos e muitos dos que votaram em Jair Bolsonaro o fizeram porque era o candidato contra o PT mais ferrenho. No fundo votaram contra o PT mais do que a favor de Jair Bolsonaro. Muitos acreditam que este fenômeno fez toda a diferença e deu a vitória definitiva a Jair Bolsonaro. Então temos o caso esdrúxulo que se tem um presidente “menos mal” (menos ruim) que o PT. Graças ao PT, o Brasil tem o Bolsonaro. Medo do PT ganhar a eleição. Se não for pelo PT, o Presidente seria Alckmin ou Meirelles, candidatos com uma bagagem intelectual enorme, impecável e invejável. Acredita-se que o PT nunca mais volte a governar o Brasil, e se o faz, será não como cabeça de chapa, e sim por alguma coalizão em que ele será o segundo (vice-presidente) de alguma coalizão com algum Partido “tonto útil”. A trajetória suicida do PT se deu desde que se bandeou para o lado dos marxistas. Primeiro pela simpatia por Fidel Castro e logo por Hugo Chaves – Maduro. Os piores ditadores da América Latina. O povo Trabalhador entendeu perfeitamente esta virada dos petistas e o interpretou como uma grande traição. Dessa forma, entendemos os Trabalhadores NÂO marxistas Socialistas Democráticos, já que o partido fundado por Lula (dentre outros) foi criado como um partido de orientação filosófica Socialista Democrática –longe dos marxistas e dos comunistas –, interessado em defender a causa dos trabalhadores. O Partido foi facilmente corroído pelos marxistas quinta-colunistas que o invadiram pouco a pouco. Não havia nada nele que os vacinara e os protegera desta terrível contaminação e invasão subterrânea. Diferente dos Socialistas Democráticos que dizemos publicamente que o Marxismo/Comunismo é a pior coisa que o mundo já viu. Só por esta declaração nos protegemos de quinta-colunistas marxistas. Pensamos que a eles deve ser dado o mesmo tratamento que dão aos democratas em Cuba: cadeia neles. O Brasil é o maior país de América do Sul e América Central e a ele deve ser dada muita atenção para que os marxistas-comunistas ajudados pelos “tontos úteis”, não tomem conta dele. Os Trabalhadores NÃO marxistas Socialistas Democráticos defendemos a DEMOCRACIA e somos contra as DITADURAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *