NO CREO, PERO…

Este pedaço de frase forma parte do refrão Espanhol “no creo en brujas, pero que las hay, las hay” (em português: não acredito em bruxas, mais que elas existem, existem). Pode ser aplicado à recente reunião entre o ditador assassino comunista de Coreia do Norte e o palhaço, temperamental e perigoso de USA. Dizem que assinaram um acordo sobre a exterminação de armas nucleares da Coreia do Norte. Em troca disso, USA não faria mais exercícios militares na Coreia do Sul. A bruxaria foi aplicada à segurança para evitar um ataque nuclear aos USA porem faltou a promessa de instalar a democracia no país comunista. Neste país existe um campo de concentração para famílias de opositores. Nem os nazistas tiveram a desfaçatez e crueldade de criar algo assim.  (Que se pode esperar de Trump que não está nem aí para a democracia fora dos EEUU?). Trata-se do campo número 22, onde são retidas mais de 50 mil pessoas, familiares de detidos por serem anticomunistas ou democratas. Entre estas famílias, estão as crianças e os velhos. Ali são torturados os prisioneiros ou fuzilados por motivos fúteis. Onde passam muita fome. Os guardas (relato feito por um ex-guarda) são instruídos a não ser humanos ou não agir como tal devido aos constantes atos de desumanização praticados contra todos os prisioneiros. Os poucos que já conseguiram fugir o fizeram pelo lado da fronteira da China e contaram os horrores praticados nesse campo. É muito difícil acreditar em acordos, como era difícil acreditar no acordo de Hitler e Stalin. Veremos … Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democratas sabemos que o Imperialismo Marxista pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista donde seremos escravos deles de pôr vida. Temos NOJO e ODIO das ditaduras de esquerda, de direita e de qualquer outra.

 

IMPRENSA LIVRE

“Sem imprensa livre nada funciona bem. O Estado não funciona bem”. / Carmen Lúcia – Presidenta do Tribunal Superior de Justiça do Brasil. (A democracia tampouco é possível).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *