SPEAKING FRANKLY!

Falando francamente, as recentes declarações das senhoras Michelle Bachelet e Gleisi Hoffmann, a primeira, ex-presidenta do Chile, e, a segunda, presidenta “colocada” de PT de Brasil, ambas duas “filo-marxistas”, sobre a prisão do delinquente e ex-presidente Lula do Brasil, hão passado dos limites da decência e da racionalidade. Todos sabemos que o Sr. Lula foi eleito presidente pelo PT e por uma direita “ingênua” (já arrependida). Metade dos votos de um, metade do outro. Então não vamos dizer que a maioria do povo era “lulista”. Todos sabemos que o pseudomarxista (ou filo-marxista) partido do Lula, o PT não tem votos suficientes para elegê-lo presidente do Brasil. Então mentem as ditas senhoras quando usam o argumento dos votos ou a “voz das urnas”. Estas duas senhoras se caracterizam por enganar aos outros. Primeiro enganaram os Trabalhadores, dizendo que são defensoras da Democracia. Se isso fora verdade, não seriam partidárias do governo do desvairado do Maduro na Venezuela e também não da ditadura cubana. Muito menos de um “canalha” como Lula que diz que os Trabalhadores presos em Cuba são “bandidos”. Então “todo trabalhador preso é bandido”? E ele como é que fica? Os Trabalhadores não marxistas sabemos que o Imperialismo Marxista pretende enjaularmos a todos numa ditadura comunista. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *