O CONTRÁRIO PODE

Muito se tem analisado, estudado e discutido sobre o regime da China comunista. Por um lado, se mantém politicamente uma ditadura comunista fechada e opressiva do ponto de vista social, e, por outro lado, uma economia de mercado do tipo “liberal”. A chance de mudar uma coisa ou outra é mínima – para não dizer inexistente – por parte da classe reacionária governante dos comunistas. Para os Socialistas Democráticos (Trabalhadores não marxistas), uma coisa é clara: as duas coisas são importantes, mas interessa para nós muito mais que seja uma Democracia política e não una ditadura comunista. Nisso somos inabalavelmente intransigentes. Liberdade acima de tudo! Pluripartidarismo; independência dos médios de prensa; rotação do poder e cinco poderes da nação totalmente independentes; sindicatos dos Trabalhadores independentes; liberdade de protestar (pacificamente); liberdade do direito de greve (por algo é que é um “direito”), etc.

O fato de haver empresas numa economia de mercado (liberal) ou numa economia planificada (que nunca resulta atingir o objetivo) centralizada pelo Estado, pouco importa. O importante é que funcionem bem e que seus produtos e serviços sejam de baixo preço (pelo menos accessíveis a todos e em abundancia). Se uma empresa não funciona bem, numa Democracia, podemos modificá-la sem grandes problemas ou mudar sua administração. Já num sistema comunista, não. O ruim, permanece ruim. Sendo a fome o denominador comum de todos os sistemas marxistas do mundo.

SABIA QUE A FILOSOFIA SOCIALISTA DEMOCRÁTICA REÚNE O MELHOR DO SOCIALISMO (JUSTIÇA SOCIAL) E O MELHOR DA DEMOCRACIA (LIBERDADE E PLURIPARTIDARISMO) E É CONTRA AS DITADURAS, COMO TODO DEMOCRATA É E DEVE SER?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *