O FUTURO DITADOR

Muitas pessoas diziam que o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, um conhecido pró-marxista, teria poucas chances de iniciar um processo marxistoide na Argentina. No entanto, fomos surpreendidos pela autorização do Parlamento Argentino de dar ao presidente plenos poderes, podendo legislar sem passar as leis pelo Parlamento. Ou seja, é igual a Cuba.  Isso é forma típica de agir ditatorial. Já que foi usado por Stalin, Hitler, Chaves, Maduro, Franco, Pinochet, etc. Os Trabalhadores não marxistas Socialistas Democráticos achamos que aos Trabalhadores lhes é proibido unicamente renunciar à liberdade. Desta mesma forma pensamos que é proibido aos Parlamentos renunciarem de suas prerrogativas. Colocar todos os poderes nas mãos de um homem é ir direto para o caminho da ditadura. Os membros do parlamento, opositores ao pró-marxista Fernández, dizem que está iniciada a ditadura na Argentina. Não esquecemos que as FFAA estão sob o mando de um pró-marxista. Os Trabalhadores Socialistas Democráticos sabemos que o Imperialismo Marxista pretende nos meter a todos numa ditadura comunista por toda a vida. Temos ÓDIO e NOJO das ditaduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *